Aumente o seu conhecimento no Mundo Florestal

Junte-se à milhares de especialistas e conhecedores nas áreas de Floresta e Meio Ambiente.

Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Alimentação alternativa para o seu gado em período de estiagem

Durante o período de seca, é importante que o produtor pense em uma alternativa para a alimentação de seu gado, sem depender apenas do pasto, pois se corre o risco do seu animal perder peso, ter queda na produção de leite e na taxa de fertilidade, além de maior predisposição a contrair doenças, e até mesmo morrer.

Sendo assim, independente da duração da seca nos campos, o fornecimento de alimentação suplementar para o gado é sempre de grande relevância.

Um planejamento alimentar, nas quantidades certas, é, portanto, de suma importância para que o rebanho enfrente os períodos sem chuva, já que na seca o capim não cresce com a mesma força, além de ter o seu valor nutricional reduzido, prejudicando a qualidade da forragem.

Existem vários tipos de alimentação economicamente viáveis, e que podem substituir a alimentação tradicional, para o gado no período de seca. Escolher uma mais adequada ao sistema de produção da sua propriedade, para assegurar a saúde dos animais, é crucial.

Um exemplo é a Cana-de-açúcar e ureia. A mistura possui fonte de energia e proteína. Sendo assim, para corrigir o baixo teor de proteína da cana, é indicada a adição de ureia, cujo uso na suplementação deve ocorrer somente nos níveis recomendados e com a adaptação dos animais.

Outro exemplo é o Capim-elefante, de fácil cultivo. Possui um ótimo valor nutritivo e é resistente a pragas. Este tipo de alimentação é a forrageira mais usada na formação de capineiras, as quais devem ser manejadas durante todo o ano, inclusive durante o período chuvoso. Caso contrário, o capim-elefante perde seu valor nutritivo tornando-se muito fibroso e com poucas proteínas.

Temos também as Leguminosas, forrageiras que asseguram um bom padrão alimentar para os animais, sobretudo em épocas de seca. Possui uma grande quantidade de proteína e são fáceis de ser digeridas. Outra dica muito importante é o deferimento de pastagens, que tem como objetivo corrigir a defasagem da produção de forragem durante o ano. O procedimento consiste em suspender a pastagem entre meados e o fim do período chuvoso, para favorecer o acumulo de forragem e criar uma reserva para uso durante a época de seca, como “feno em pé”.

Outra dica importante é contar com um profissional especializado em nutrição animal, pois só ele te fornecerá informações e procedimentos corretosl, sem riscos de prejuízo ao seu negócio.



 A aplicação de rações é bem utilizada nessas épocas. Veja técnicas de formulação de dietas para o gado. Clique aqui.

Fonte: Revista Globo Rural

Artigos

Meio Ambiente e Regulamentos

Notícias

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Conecte-se ao mundo Florestal gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Escola do Cavalo
© 2019 Tecnologia e Floresta. Todos os Direitos Reservados.