Aumente o seu conhecimento no Mundo Florestal

Junte-se à milhares de especialistas e conhecedores nas áreas de Floresta e Meio Ambiente.

Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

O plantio de árvores é o suficiente para controlar os problemas climáticos do planeta?

Os benefícios do plantio de árvores em áreas urbanas são muitos, já que o reflorestamento é uma das principais estratégias para combater os problemas climáticos do planeta Terra, em especial o aquecimento global. As árvores ajudam a reduzir a temperatura da “selva de pedra”, evitar enchentes e preservar os cursos de água, além de tornar o ambiente mais agradável para o ser humano, com suas cores e sombras.

Mas a quantidade de gases que intensificam o efeito estufa, que é responsável pelo aquecimento do planeta, é tão grande que as arvorezinhas plantadas na cidade são pequenas perto de um problema tão grande. Apesar de sua importância, pouca força tem para combater os problemas climáticos.

Para Pedro Brancalion, professor de recuperação florestal da Esalq, seria necessária uma área muito maior do que a que é encontrada nas cidades para fazer esse plantio:

- “Muito carbono é emitido nas cidades. Seria necessária uma área enorme, bem maior que a disponível para plantio de árvores em praças e ruas, para neutralizar essas emissões” – afirma o professor.

Segundo dados da SPTrans e da Faculdade de Tecnologia da Unicamp, em uma cidade grande como São Paulo, cerca de 3,9 mil toneladas de CO2 são lançados na atmosfera todos os dias somente pela frota de 15 mil ônibus que circulam pelas ruas. Já em uma área reflorestada do tamanho do parque do Ibirapuera poderia sequestrar até 800 toneladas de CO2 do ar em um ano, bem menos do que é emitido pelos ônibus. Isso quer dizer que “um parque inteiro não sequestra nem o emitido por dez ônibus em São Paulo”, diz Paulo Artaxo, professor do Instituto de Física da USP e integrante do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU (IPCC).

O que os estudiosos observam é que o efeito na redução do aumento do aquecimento global é verificado quando o reflorestamento é feito em grande escala.

- “Para que possa sequestrar quantidade grande de CO2, o plantio deve ocorrer em grandes áreas. Plantio de árvores em áreas urbanas é importante, mas pequeno comparado com regiões da Amazônia que foram desmatadas” – completa Paulo Artaxo.

O reflorestamento beneficia de forma ampla o meio ambiente e o investimento nessa técnica proporciona resultados positivos. Confira.

Fonte: Celulose Online

Notícias

Produção, Manejo e Colheita

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Conecte-se ao mundo Florestal gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Escola do Cavalo
© 2019 Tecnologia e Floresta. Todos os Direitos Reservados.