Diferenças entre Florestas Plantadas e Nativas

As florestas plantadas são, em grande parte, voltadas para o comércio, ou seja, para a indústria da madeira, de papel e celulose, ou para a extração de castanhas, frutos, óleo essencial etc. É muitos casos, este tipo de floresta possui apenas uma espécie, como o eucalipto.

Há também florestas que são plantadas para a recuperação ecológica de uma área. Aliás, o número de florestas plantadas vem crescendo no Brasil, ao contrário das florestas nativas, que aos poucos vem sendo exterminada.

Tal explicação se deve ao fato de que a floresta plantada gera empregos, sendo que o mercado de madeira está crescimento, principalmente o de eucalipto.

A floresta nativa também tem o seu papel fundamental no meio ambiente e conservação da biodiversidade. Todos nós precisamos delas. Entretanto, quando não há um manejo adequado, ou seja, corte seletivo de algumas árvores de modo que a floresta se recupere com o tempo, ocorre uma dizimação de várias espécies, onde muitas dessas não serão aproveitadas comercialmente. Isso resulta em grandes clareiras na mata que muitas vezes não são recuperadas sem a intervenção do homem.

Enfim, o plantio de ambas as florestas, seja nativa ou plantada, é válido e importante, cada qual cumprindo o seu papel. Nos dois casos é preciso que sejam efetuados procedimentos corretos, sustentáveis, de acordo com as leis e acompanhados por um profissional qualificado.

 

Veja vantagens do eucalipto no mercado da construção civil. Clique aqui.

Fonte: InBS

Floresta Nativa

Meio Ambiente e Regulamentos

Notícias

Produção, Manejo e Colheita

Uso da Madeira

Conecte-se ao mundo Florestal gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Escola do Cavalo
© 2021 Tecnologia e Floresta. Todos os Direitos Reservados.